Abundante Graça – Pr. Paulo Junior

Abundante Graça – Pr. Paulo Junior

“E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça”. (At. 4.33 )

Quando olhamos para a Igreja descrita em Atos, contemplamos o tremendo êxito que essa Igreja tinha, o quanto seus líderes, obreiros e apóstolos eram bem sucedidos ministerialmente! Parecia que o povo de Deus daquela época tinha uma fé poderosa e inabalável, e suas vidas eram marcadas por perseguições, milagres, conversões, abundante alegria e um crescimento estrondoso do cristianismo. Essa era a marca da Igreja e dos cristãos daquela época!

Estudando esse texto podemos aprender e entender qual foi o segredo de tamanha eficácia na vida pessoal e ministerial dos cristãos daquela Igreja. O segredo deles? A graça – “e em todos eles havia abundante graça” – era tudo fruto da maravilhosa graça! Algo que está praticamente extinto hoje em dia, note que o versículo diz: “abundante”, ou seja, não era algo escasso e sofrível, mas transbordante.

É exatamente disso que precisamos para os dias de hoje: só viveremos uma vida cristã saudável, nosso ministério só tera êxito, se abundarmos em graça. Isso quer dizer a manifestação plena do reino Deus Deus em nós pelo Espírito Santo, em obras e em poder, no caráter, em ações, em palavras, na sociedade, na igreja, individualmente, coletivamente, isto é, a ação grandiosa e sobrenatural de Deus sobre os homens. Óh, oremos para quê alcancemos essa abundante graça em nosso dias!

Nossa vida cristã de hoje é seca e humana, não somos regenerados, não somos sensíveis ao Espírito Santo, assim também não somos espirituais, não há poder sobrenatural na maior parte da nossa vida, nossos valores são pouco eternos, não há o caráter fraternal e generoso daquela época, que revela a base do cristianismo, veja: “E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister [necessidade]. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração”. (At 2.44)

No ministério o mesmo ocorre: o quanto fazemos a obra de Deus “no braço”, no grito e na violência? Não conseguimos levar nenhum pecador a conversão, nosso discipulado e aconselhamentos estão sem vida, não produzem resultados para o reino de Deus, nossos sermões são entediantes… Quanto corremos de um lado para o outro, quanto recurso gasto, energia gasta, cansaço e nenhum resultado, daí apelamos para nossas técnicas, pressão psicológica, ameaças e, acreditem até chantagem! Deus o que está acontecendo!?

Veja a graça no ministério do apóstolo Paulo: ”A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder”. (1Co. 2.4)
Está faltando essa abundante graça nos tomar, nos possuir, nos encharcar até nossas fibras serem “infectadas” do Espírito Santo! Como o próprio Jesus era, óh como eu gosto e invejo essa passagem: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”. Jesus se fez homem e foi cheio de graça – abundante em graça – que qualidade tremenda e desejável para uma pessoa ter!!

Óh meus queridos, anseie buscar e possuir essa graça em alta medida, seja essa sua oração!

Pr. Paulo Junior
www.aliancadocalvario.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*