Top

Frases que ouvimos, mais NÃO estão na BÍBLIA! – Adriano Silva

Frases que ouvimos, mais NÃO estão na BÍBLIA! – Adriano Silva

Meu desejo através deste texto é apenas uma forma de abrir seus olhos para algumas coisas que são ditas nas igrejas como forma de VERSÍCULO BÍBLICO. A única razão pela crítica é que algumas pessoas usam estas frases (às vezes sem querer ou saber) como base das suas pregações e como a Palavra de Deus.
Falar e afirmar um ditado popular ou uma frase popular, tudo bem, mas tem que deixar claro que não são versículos ou usar do famoso: “a Palavra de Deus disse que…”, “a Palavra de Deus diz …” ou “está escrito em…”.
Muitas dessas frases populares se tornam “versículos populares”, ainda que não existam na Bíblia. Com certeza alguns destes vocês já podem ter ouvido.
Vejamos os 10 mais falados e na próxima veremos mais alguns.
  1. “Esforça-te, e eu te ajudarei”
    A expressão “Esforça-te” aparece 12 vezes na Bíblia, mas nunca acompanhada da frase “Eu te ajudarei”. Observe: “Esforça-te, e tem bom ânimo” (Js 1:6,7,9,18; I Cr 22:13; 28:20); “Esforça-te, e esforcemo-nos” (I Cr 19:13); “Esforça-te, e faze a obra” (I Cr 28:10); “Esforça-te, e clama” (Gl 4:27). No plural, ela aparece oito vezes, sem o complemento citado (Nm 13:20; Js 10:25; 23:6; I Sm 4:9; 13:28; II Cr 15:7; Sl 31:24; Ag 2:4). Apesar disso, não há dúvida de que o Senhor ajuda os que se esforçam.
  2. “Diga-me com quem tu andas, e eu te direi quem és”
    Clássica, não? Quantos pregadores não usam esse versículo… Alguém já chegou a dizer acerca dele: “Não está na Bíblia? Então devia estar!” Bem, a Bíblia apresenta versículos parecidos, que podem ser usados em lugar da frase em questão: “O homem violento persuade o seu companheiro, e guia-o por caminho não bom” (Pv 16:29); “Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus. Evita-o, não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo” (Pv 4:13,14).
  3. “Não cai uma folha da árvore sem que Deus queira.”
     Esta idéia é bíblica. Deus não só controla, mas determina todas as coisas. No entanto, este versículo não existe, podendo ser confundido com a idéia do seguinte: “… mas nem um só cabelo de vossa cabeça se perderá.” (Lucas 21:18)
  4. “Da semente da mulher levantarei um que esmagará a cabeça da serpente”
    É comum ouvir pregadores citando essa frase como sendo a primeira promessa com relação à obra redentora de Jesus. Mas essa promessa não aparece nas Escrituras. Em Gênesis 3:15, Deus disse para Satanás, personificado em uma serpente: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”.
    É importante observar que o texto bíblico não usa o verbo “esmagar” e sim “ferir”. De acordo com a Palavra de Deus, o inimigo ainda não foi esmagado, isto é, derrotado por completo. Ele já está julgado (Jo 16:11), e, na cruz, Jesus o feriu (Cl 2:14,15). Entretanto, “… o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo de vossos pés” (Rm 16:20).
    Tambem nos vale ressaltar que muitos animadores de plateia dizem que NÓS esmagaremos Satanas debaixo de nosso pés, dizem gritando “pisa na cabeca do diabo…”, não temos base biblica alguma de que nós pizaremos no diabo, como pode um ser feito de carne e osso pisar num ser espiritual? Cuidado com os exageros biblicos, nenhum dos discipulos disseram que pisaram no diabo, nem mesmo Paulo, reforçando: “… o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo de vossos pés” (Rm 16:20), esse “vossos pés” não é o nosso e sim os pés de Deus.“Não cai uma folha da árvore sem que Deus queira.”
  5. “Até 1000 irá; de 2000 não passará”
    Essa frase já virou história… Muitos “profetas da última hora” a usaram para alertar acerca da iminente volta de Cristo, antes ou durante o ano 2000. Mas o que a Bíblia realmente diz acerca da vinda de Jesus? As palavras de Cristo quanto ao Arrebatamento da Igreja são mais do que claras: “… daquele dia e hora ninguém sabe…” (Mt 24:36). Leia também Atos 1:7, I Tessalonissenses 5:1 e II Pedro 3:8.
  6. “A voz do povo é a voz de Deus”
    Ouvi um pregador citando essa frase antibíblica e extrabíblica, ela é oriunda do latim vox populi, vox Dei, como se fosse bíblica! Quando Jesus andou na terra, a opinião do povo a seu respeito era variada. Uns o consideravam pecador (Jo 9:16) ou endemoninhado (Mt 12:24), e outros criam que ele era um profeta (Mt 16:13,14). Enquanto isso, a voz de Deus ecoava: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt 3:17). Como a voz do povo pode ser a voz de Deus?
  7. “Deus cegou os entendimentos dos incrédulos”
    Infelismente alguns de nós já ouvimos isso,… Mas não foi Deus quem cegou o entendimento dos incrédulos! A Bíblia diz: “… o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (II Co 4:4). Esse “deus” é o diabo, e não o Deus verdadeiro que ilumina os que estão em trevas (Jo 8:12; I Jo 1:7).
  8. “É dando que se recebe”
    Essa conhecida frase é extrabíblica, mas não chega a ser antibíblica. Ela confirma as palavras de Jesus em Lucas 6:38. Não deve, porém, ser usada como um versículo bíblico inspirado. O pregador só deve usar a frase “A Bíblia diz” quando for citar uma passagem sagrada. Caso contrário, deve deixar claro aos ouvintes que se trata apenas de uma boa frase.
  9. “Fazei o bem sem olhar a quem”
    Essa frase é uma distorção de Gálatas 6:10: “Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé”. O cristão deve fazer o bem, pois ele tem a bondade, um dos elementos do fruto do Espírito (Gl 5:22). Mas fazer o bem “de olhos fechados” pode ser perigoso.
    Existem muitos vigaristas dizendo-se missionários ou pastores. Eles sempre contam casos tristes para aplicar os seus golpes, e os irmãos bondosos, por não olharem a quem estão ajudando, acabam sendo lesados. Cabe-nos ajudar as pessoas comprovadamente necessitadas: “Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra” (Dt 15:11).
  10. – “Jesus é o Médico dos médicos”
    Certos pregadores afirmam: “A Bíblia diz que Jesus é o Médico dos médicos”. Nas Escrituras, não existe esta menção. Jesus é chamado de Senhor dos senhores e Rei dos reis (Ap 17:14). Em nenhum lugar ele é chamado de Médico dos médicos. A expressão hebraica que demonstra o seu poder de curar os enfermos é “Yahweh-Roph´eka”, que significa “O Senhor que te sara”, também traduzida como: “O Senhor, teu Médico” (Êx 15:26).
Até a próxima seleção de “versículos populares”, se você sabe de mais alguns nos ajude comentando e nos enviando.
Viva vencendo e crescendo na graça e no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.
De seu irmão menor Adriano Silva
Fique na Paz d Senhor
Adriano Silva

Servo do Senhor Jesus Cristo pela sua graça, amante da Palavra de Deus, a serviço do Reino segundo a vontade do Senhor Espirito Santo, atualmente congrego na Igreja Assembleia de Deus - Missões (Sede em BH) - na Cidade de São João Del Rei-MG.

2 Comments
  • Marcinha

    Uma bênção essa publicação, aprendemos muito no ouvir e com isso temos q sermos atentos p não errar estando ligados e respaldado n Palavra. Edificante

    20 de fevereiro de 2016 at 23:27 Responder
    • Adriano Silva

      Com certeza irma Marcinha, pode se prepara que hoje tem mais uma breve continuação!

      21 de fevereiro de 2016 at 15:56 Responder

Post a Comment