Quais são as conseqüências do pecado e como alcançar perdão – Ir Adriano Silva

Quais são as conseqüências do pecado e como alcançar perdão – Ir Adriano Silva

Quais são as conseqüências do pecado e como alcançar perdão

Rm 6:23 “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”.

Este é uma pequena parte de um estudo sobre os propósitos divino e eterno de Deus para a nossa vida, neste breve assunto falaremos acerca das consequências do pecado e sobre a Unica pessoa que nos pode livrar da condenação do inferno, já que céu e inferno são reais.

O que é pecado?

Pecado é iniquidade, desobediência, erro, falta, omissão, transgressão, queda, impiedade, desordem, divida, errar o alvo, desagradar a Deus com sua maneira de pensar, agir e viver.

Consequências do pecado:

a)      Fraqueza espiritual: é a desfiguração da imagem divina, como assim?

Quanto mais pecamos, mais diferentes de Deus nós ficamos, pois nós somos feitos a imagem e semelhança a de Deus “Gn 2:26a, 27”, e somente Jesus Cristo pode nos restaurar novamente a semelhança de Deus, sendo feitos filhos de Deus, o pecado é como uma cicatriz em nosso corpo que se não for tratada vai desfigurando toda a nossa imagem, a nossa imagem não esta totalmente perdida- a verdade expressa no provérbio popular: “Há algo de bom no pior dos homens”, todos nós temos uma segunda chance, se tomarmos posse dessa oportunidade.

b)      Pecado inerente: Ou “pecado original”. O efeito da queda do homem arraigou-se tão profundamente na natureza humana que Adão, como pai da raça. Transmitiu a seus descendentes a tendência ou inclinação para pecar (Sl 51:5)

Isso descreve a atual condição moral e espiritual da raça humana: Rm 3:9 – todos pecaram; 1Co 2:14- o homem natural é estranho as coisas de Deus; Rm 8: 7,8 – a mentalidae da carne é inimiga de Deus; Rm 6: 17 – o pecador é escravo do pecado.

Mas Cristo veio ao mundo para resgatar-nos de todos os efeitos da queda, do pecado. Cl 3:10

c)       Discórdia interna: Deu fez o homem o dotando de uma natureza física e/ou interior unindo-o a Deus, mas o pecado interrompeu a relação de tal maneira que o homem se encontrou dividido em si mesmo; o “eu” oposto ao “eu”, em uma guerra entre a natureza superior e inferior. Sua natureza inferior, frágil em si mesma, rebelou-se contra a superior e abriu as portas de seu ser ao inimigo.

O Deus de Paz em 1Ts 5:23 subjuga os elementos da natureza do homem e santifica-o no espírito, alma e corpo. O resultado é a bem-aventurança interna- justiça, paz e alegria no Espírito Santo (Rm 14:17).

d)      Castigo Real: Gn 2:17 “Porque no dia em que dela comer, certamente você morrera”. Pois em Rm6: 23 “o salário do pecado é a morte”.

Vemos que a morte física veio como um castigo para a conseqüência do pecado da desobediência, pois o homem foi criado para viver eternamente, isto é, não morreria se obedecesse a lei de Deus. Mas infelizmente o homem desobedeceu, quebrou a aliança de vida e, desse modo, ficou separado de Deus, a fonte de vida.

Existem três fases na morte do homem: a morte espiritual enquanto o homem vive (Ef 2:1; 1 Tm 5:6), a morte física (Hb 9:27), e a segunda morte ou morte eterna (Ap 21:8; Jo 5:28, 29; 2Ts 1,9; Mt 25:41).

Por outro lado vemos as Escrituras falando da vida como recompensa pela justiça, isso significa mais que existência, pois os ímpios existem no inferno. Vida significa viver em comunhão com Deus e em sua graça – comunhão que a morte não pode interromper nem destruir (Jo 11:25, 26).

  • A Realidade do pecado

a)    Nós temos o livre-arbítrio: nós pecamos se quisermos e não podemos dar desculpas dizendo que a carne é fraca. Não devemos confundir livre-arbítrio com “viver a vida do jeito que quero desregradamente”.

O Espírito de Deus que habita em nossa vida nos trona fortes, fortes para fugir da aparência do mal (1Ts 5:22) e resistir ao diabo (Tg 4:7).

b)    Saiba que o perdão está ao nosso alcance: Por quê?

Porque temos um advogado: “1 Jo 2:1” – Jesus

Porque Jesus pode perdoar: “Is 53:5” – Levou sobre si.

c)     Onde encontrar o perdão e o que acontece quando somos perdoados?

Mt 1:21; 1Co 15:3 – encontramos o perdão em Jesus, pois pregamos o Jesus que foi crucificado, mas que ao terceiro dia ressuscitou nos dando vida eterna através do perdão mediante o seu sacrifício, onde o seu sangue nos purifica de todo o pecado.

Quando somos perdoados nos tornamos filhos de Deus “Gl 3:26-29”, herdeiros da herança celestial “Romanos 8:12-17”, somos livres das algemas do pecado, e temos comunhão com Deus.

“Jesus na cruz com uma mão tocou o dedo de Deus e com a outra segurou e nossas mãos e nos reconciliou com o Pai Celestial.” Billy Graham

d)    O que devo fazer agora que sei que Deus quer me perdoar?

Entregar a minha vida para Jesus e trilhar os seus caminhos obedecendo a sua palavra.

Pedir perdão dos meus pecados, pois de todos eles Jesus me perdoa e não importa o “tamanho” do meu pecado, (sendo que pecado não tem tamanho, pois pecado é pecado e não existe grande ou pequeno sendo que os dois linguajares receberão a mesma condenação).

Ser grato, agradecer a Deus pelo perdão alcançado e viver uma nova vida. Gl 2:20

 

Adriano Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*