Uso de farda militar, Bandeira e Hino Nacional pelas igrejas – Ev. Samuel Eudoxio

Uso de farda militar, Bandeira e Hino Nacional pelas igrejas – Ev. Samuel Eudoxio

Uso de farda militar, Bandeira e Hino Nacional pelas igrejas

Fico observando algumas festividades de círculo de oração, mocidade, peças, etc, em que os integrantes dos conjuntos se vestem com “fardas” das forças armadas e se intitulam “Exército de Deus”. As entradas são as mais bizarras possíveis, ao som de marchas musicais, pandeiros ou um baterista que se esforça para manter o passo da entrada ao som do seu bumbo.
Algumas considerações devem ser levadas em conta:
1 – O uso de fardas de qualquer força militar é previsto em lei e em legislação própria, da instituição.
2 – A apresentação, principalmente quando estiver presente símbolos nacionais, devem seguir regras específicas.
3 – O uso indiscriminado dos símbolos e até insignias militares podem pressupor que a igreja não tem o minimo de respeito ou conhecimento das regras de cerimoniais quando estão presentes estes símbolos (o que na maioria das vezes é verdade, quando o assunto é conhecer as regras).
4 – A intenção pode até ser das melhores, mas geralmente fica uma marmota, pois é mal ensaiado e organizado.
Portanto, antes de decidir “fardar” o seu conjunto para uma festividade pesquise um pouco sobre o assunto, ouça um militar para te instruir se vale a pena ou não, e principalmente, siga as regras com relação aos símbolos nacionais, por exemplo a Bandeira e o Hino Nacional, que sempre estão presentes nas festividades das igrejas.

#ficaadica

Samuel Eudóxio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*